Comunicação, Inclusão e Acessibilidade – 2ª Mostra de Teatro Acessível em Santos Dumont

9575ddee-9029-4fbf-82fe-fff195120ade

                       Comunicação, Inclusão, Direitos e Acessibilidade foi o tema central da palestra ministrada pela jornalista e escritora Cláudia Werneck, na noite do dia 26/04, no auditório da  Faculdade de Santos Dumont/FESJ,  dentro das atividades da  2ª Mostra de Teatro Acessível.

                        De maneira descontraída e muito  positiva,  a escritora Cláudia Werneck, mãe da atriz Tatá Werneck,   deu o seu recado mostrando formas de discriminação que, sem maldade ou até carinhosamente, usamos no dia-a-dia sem atentarmos no preconceito oculto no jeito de agir.  

                        Citando situações vivenciadas por ela em grupos de trabalho, enfatizou que a deficiência não é um detalhe ou deslize da natureza e sim uma condição intrínseca a pessoa humana e que por isso a inclusão deve acontecer naturalmente em todos os ambientes e ações. “Não há educação sem inclusão e não há inclusão sem comunicação. E é na comunicação que se dá os maiores atos de discriminação”.

                        Cláudia chamou a atenção para os jogos de discriminação presentes na sociedade, inclusive nas tentativas de inclusão  em eventos especiais. “A inclusão é ser aberto e dar acessibilidade para que todos se aproximem com prazer”. É ter intérprete, espaços acessíveis, libras, audiodescrição,  legenda eletrônica e outros de forma natural nos ambientes. Durante a palestra foi distribuído gratuitamente o livro da autora “Um amigo diferente?”, uma oportunidade de conversar de maneira lúdica com as crianças sobre deficiência.

                        Com o apoio da Prefeitura Municipal, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, a palestra foi um sucesso e contou com um público de cerca de 170 educadores. Cláudia é uma das principais referências internacionais no tema inclusão e direitos de pessoas com deficiência com 14 livros escritos. É única escritora no Brasil a ter livros recomendados pela Unesco e Unicef.

                        A 2ª Mostra de Teatro Acessível é uma promoção da ONG Escola de Gente – Comunicação em Inclusão,  patrocinada pela MRS Logística, por intermédio da Lei Ruanet do Ministério da Cultura. O projeto percorrerá nove municípios por onde passam os trens da empresa. De 25 a 27 de abril o grupo esteve nas cidades de Barbacena, Santos Dumont, encerrando sua temporada no município de Congonhas.

Tida Grillo    

Fotos: